A Origem das Cachalotes ganha nova perspectiva

04 de setembro de 2020

Por: Maria Luiza Camisasca

Grupo de pesquisadores do CONICET e do Museu Argentino de Ciências Naturais acabam de balançar o mundo paleontológico ao descobrirem o primeiro registro fóssil de uma espécie macroraptorial de Cachalote (Livyatan sp.) na Argentina.

Os espécimes foram encontrados na Província de Rio Negro, Argentina, próximo à localidade de Puesto Picavea, na área do Gran Bajo del Gualicho. Segundo os pesquisadores, o fóssil encontrado data do Mioceno Médio-Inferior e vem de um ambiente marcado por rochas sedimentares como o arenito, coquina e pelítico.

O material encontrado foi um dente incompleto, que, no entanto, já foi o suficiente para oferecer informações sobre a história de vida e as relações evolutivas do grupo. No caso do fóssil encontrado, as características dentárias fizeram com que ele fosse aceito como uma cachalote macroraptorial.

Pode parecer que não, mas esses estudos são essenciais para nos fornecer informações sobre origem, distribuição, relações parentais e hábitos desses animais, para ao final encaixar todos esses processos na história evolutiva dos mesmos.

Nesse estudo, aparecem várias hipóteses, como a extinção dessa espécie macroraptorial de Cachalote estar relacionada com o surgimento de delfinídeos. Porém como esse é um jogo de quebra cabeças e ficaremos aguardando ansiosamente as cenas dos próximos capítulos.

Artigo fonte: Piazza, David; Agnolin, Federico & Lucero, Sergio. (2018). First record of a macroraptorial sperm whale (Cetacea, Physeteroidea) from the Miocene of Argentina. Revista Brasileira de Paleontologia, v. 21, n. 3, p. 276-280. Doi: 10.4072/rbp.2018.3.09. <Clique aqui para acessar o artigo fonte>

Legenda e fonte da imagem: Região onde os fósseis foram encontrados, na região da Província de Rio Negro, Argentina. Figura extraída do artigo fonte.

Publicado por Alexandre Liparini

Mineiro, gaúcho, sergipano, e por que não, alemão? No caminho sempre a paleontologia como paixão e agora como profissão. Adora dar aulas e pesquisar sobre origens e evolução. Se esse for o tema, podem perguntar, por que não?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: